terça-feira, setembro 16, 2008

Mãe finge ser a filha para ganhar vaga como líder de torcida

Uma mãe de 33 anos se passou pela filha para estudar no colegial e ser líder de torcida.
Wendy Brown, de Green Bay (Wiscosin, EUA), usou o documento de identificação da menina, de 15 anos, para estudar no colégio Ashwaubenon. Porém, foi descoberta e responderá, na Justiça, por falsa identitade.

Nenhum comentário: