sexta-feira, março 16, 2012

Cidade italiana proíbe habitantes de morrer


O prefeito da pequena cidade italiana de Falciano del Massico, Giulio Cesare Fava, estava às voltas com um problemaço: a falta de espaço no cemitério da cidade. Como o cemitério da cidade vizinha também está lotado, o prefeito baixou um decreto onde diz que os habitantes estão proibidos de "cruzar as fronteiras da vida terrestre e adentrar o além".
O decreto começou a valer no início de março, porém, desde o dia cinco, dois idosos que moravam na cidade faleceram. Será que eles serão presos ou multados?
Aliás, a coisa tá boa na Europa: há alguns dias, uma cidade espanhola ofereceu seus terrenos para o cultivo de maconha e, com os lucros, saldar dívidas.

Nenhum comentário: