segunda-feira, dezembro 07, 2009

Zelaya, o filho adotivo do Brasil

O presidente deposto de Honduras, Manuel Zelaya, disse, no domingo, que continuará abrigado na embaixada brasileira em Tegucigalpa enquanto o governo brasileiro permitir.

Zelaya está no prédio da embaixada desde setembro, quando voltou clandestinamente do exílio que lhe fora imposto pelos militares no golpe de 28 de junho. O governo de fato promete prendê-lo se ele deixar a embaixada.

"Enquanto tiver apoio do Brasil, aqui estarei", disse Zelaya, por telefone.

Como se pode ver, o programa "Minha Casa, Minha Vida" já está sendo exportado.

Nenhum comentário: