quinta-feira, março 19, 2009

"Choque de moralidade" no Senado


O primeiro-secretário do Senado, Heráclito Fortes (DEM-PI), assinou determinando ao diretor-geral da Casa a extinção de 50 cargos de direção, com a imediata exoneração da função do servidor que a ocupa.

Nenhum comentário: